Galeria APECV

 

famos

ver catálogo 

Artista Convidado Felisberto Amós Tlhemo

Felisberto Amós Tlhemo, de nome artístico FAMÓS, nasceu à 20 de Fevereiro de 1978 em Maputo.

Estudante do Mestrado em Arte e Educação pela Universidade Aberta de Lisboa. Formado em Estatística pela Universidade Eduardo Mondlane e Electrotecnia pelo Instituto Industrial de Maputo.

Em 1995, aprende desenho artístico e pintura na Casa de Cultura do Alto-Maé com o artísta Sengo. Está representado em colecções dentro e fora do país. Fez a sua primeira exposição individual Intitulada “PENUMBRAS DA VIDA” em 2009 na Galeria do Instituto Camões em Maputo, tem participado em diversas exposições colectivas e Workshops como:

2016 - Expo Habitantes de Desenho II no Instituto Camões em Maputo;
2016 "EXPO 41 ANOS DA INDEPENDÊNCIA" na Galeria do núcleo de Arte em Maputo;
2016,2015,2014, 2013,2012, 2011,2011 - Expo Colecção Crescente na Galeria kulunguana, Maputo;
2015 "Expo 40 ANOS DE INDEPENDÊNCIA, 40 ARTISTA na Mediateca do BCI em Maputo
2016, 2015, 2014, 2013, 2012 Expo colecção crescente na Galeria Kulunguana em Maputo
2013 – Expo Habitantes de Desenho I, Instituto Camões, Maputo;

2016 Exposição colectiva em homenagem ao artista plástico Victor Sousa- Mediateca do BCI em Maputo
2011, 2009, 2005, 2003, 2001, 1999, 1997 - Bienal TDM, no Museu Nacional de Arte
2011 - Expo Colecção Crescente na associação de Moçambique na Finlândia;
2011 -Expo alusiva a Celebração dos 35 anos do Banco de Moçambique no Museu Nacional de arte;
2011, 2010- Expo Colectiva de artistas Moçambicanos na Alemanha;
2010 - Expo colectiva alusiva a visita do Primeiro Ministro à Maputo, no Instituto Camões,
2010 - Expo “Arte Contemporânea Moçambique 10” na sua IV edição, no Museu Nacional de Arte;
2010 - Expo “Papel Arte”, na Galeria Kulunguana em Maputo
2009 - Semana de Moçambique na Royal Geographic Society e na Royal Commonwelth Club em Londres;
2007 - Semana de Moçambique na Caixa Geral de Depósitos em Portugal;
2006 - Expo no centro cultural do Banco de Moçambique;
2004, 2003, 2002, 2001, 2000, 1999, 1998 - Anual MUSART no Museu Nacional de Arte;
2004 - Workshop alusivo ao encontro de jovens criadores da Zona Sul de Moçambique;
2001 - Workshop alusivo apoio as vitimas das cheias em Maputo;
1999 - Expo Francophonia, no Centro Cultural Franco Moçambicano;
1997 - Expo colectiva no Instituto Camões;
1997, 1995 - Expo Descoberta, no Centro Cultural Brazil-Moçambique;
1995 - Expo Anual na Casa de Cultura do Alto-Máe.

PRÉMIOS

2015 - Menção Honrosa em Desenho, Bienal TDM;
2013 - Menção Honrosa em Desenho, Bienal TDM;
2006 - 2º Prémio de desenho e 2º Prémio de Pintura no Centro Cultural do Banco de Moçambique;
2004 - Prémio Fundac Alberto Chissano – Consagraçao em desenho;
2004 - 1º Prémio de Pintura e Menção Honrosa em Desenho, na Expo Anual MUSART;
2004 - 1º Prémio de Pintura na Expo Jovens Criadores da Zona Sul de Moçambique;
2004 - 1º Prémio de Desenho na Expo Jovens Criadores da Zona Sul de Moçambique;
2003 - Menção Honrosa em Desenho, Bienal TDM;
2003 - 2º Prémio de desenho na Expo anual MUSART;
2001 - 2º Prémio de Desenho / Gravura na Bienal TDM;
1999 - Menção Honrosa de Desenho na Bienal TDM;
1997 - Menção Honrosa de Desenho no Instituto Camões


Cadernos Artivistas , janeiro a março de 2017
https://apecvcfan.files.wordpress.com/2017/01/1b-tt_900.jpg

de 11 de Março a 8 de Abril de 2016 na Quinta da Cruz


EXPOSIÇÂO TRANSEUNTES

De 17 de Janeiro a 1 de Março, Quinta Da CRUZ

EXPOSIÇÂO Underdlights

Laboratórios/Artistas em Residência/APECV-Quinta da Cruz

Janeiro 2016, Laborário com Antonio Asencio e Dolores Callejón Chinchilla

Setembro 2015, Laboratório com Puñal


O intercâmbio que selecionamos foi realizado entre escolas de Portugal e Letónia entre 2009 e
2010, nesse projeto os alunos e os professores descobriram os pintores Boriss Berzins e Ângelo de
Souza e aprenderam sobre as diferentes culturas dos dois países .
Apresentamos também alguns dos livros colaborativos criados para a APECV por Matias Pancho
na Oficina de encadernação Devagarseencadernalonge (ASSOL , Oliveira de Frades) : O livro das
derivas que compila desenhos feitos durante oficinas cartográficas por professores; um livro do
projeto 'Para que conste' , projeto integrado no Movimenta Desenho12 , onde 40 livros foram
colocados pela APECV em vários lugares públicos para as pessoas desenharem , 5 livros de
desenhos feitos por alunos da Escola Secundária Vergílio Ferreira, livros apresentados na 2º Trienal
de Arte Jovem, em Talin, Estónia em 2014; e 2 livros da primeira edição do Projeto Collaborative
Book , onde 40 livros foram distribuídos a professores da International Society For Education
Through Art - InSEA para eles desenharem e partilharem com outros professores, amigos e alunos.
Na exposição está integrada uma peça colaborativa de Puñol , o autor da primeira residência
artística da APECV na Quinta da Cruz (Setembro 2015) para ser continuada pelos visitantes.
A exposição está patente ao público entre 12 e 29 de Novembro , no Polivalente da Quinta da Cruz .

Tiago Ortaet


Alp Uçar

Yuraldi Rodriguez

Ana Barbero


InSEA Self Portraits

Exposição Tradições de Família

Exposição dos trabalhos do Concurso Take Manoel de Oliveira

Steve Willis, 22 September a 14 Outubro de 2012

2011

a S U L

Paulo Sérgio BEJu

‘ Do lado de lá’.
Ana Bela Lacerda